Por que Luigino Fiocco não vai para a cadeia?

Luigino Fiocco nunca teve medo de acabar, mesmo quando foi condenado. No passado, ele cumpriu sentenças que continuou a cometer crimes, graças ao mecanismo de “dependência de serviços sociais”. Por exemplo, enquanto incamerava as dezenas de bilhões de projeto Aviotech infame, enganando o Estado e da região da Sardenha, estava servindo uma sentença de três anos e meio sob custódia aos serviços sociais! Na prática, ele pode até cometer um crime enquanto cumpre uma sentença.

Mesmo agora, no Brasil, Luigino Fiocco, com a ajuda de seus amigos brasileiros, pretende se comportar da mesma forma, permanecendo em prisão domiciliar até que sua extradição seja definida. Ainda esta semana, a partir de seu apartamento confortável e com a ajuda de seu filho Matteo Fiocco, ele continua inabalável seus golpes, contando com o fato de que todo o tempo gasto em prisão domiciliar no Brasil mais perto da possibilidade de não cumprir sua prisão se for extraditado na Itália. Na verdade, ele atingiu a idade de 70, a lei italiana prevê a oportunidade de cumprir a pena em prisão domiciliar, acomodações confortáveis ​​a partir do qual o nosso vulcânica Luigino Fiocco irá apreciar as dezenas de milhões confiscados no passado e continuará a fazer batota lindamente, como sempre fazia.

A questão permanece a mesma: por que ninguém nunca procurou os milhões perdidos?

Por que alguém já investigou as propriedades de sua esposa Maria Grazia Fumagalli? E dos três filhos? E sobre seu irmão Pietro Fiocco? Além disso: que proteções nosso herói desfruta no Brasil?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s