Localizado por policiais do Catturandi, Luigino Fiocco está na Papuda

Luigino Fiocco, que tem 68 anos, foi preso em Brasília. Foi descoberto por “caçadores” do Catturandi (de ‘capturar’), o esquadrão de elite da polícia italiana, que tem menos de 20 integrantes, especializados em caçar mafiosos.

Eles monitoravam o telefone celular de Fiocco – que em Maringá chegou a participar de coletiva de imprensa para falar da fábrica de helicópteros (foto) e até montou um estande na finada EAB Air Show (foto abaixo), evento de aviação que recebeu dinheiro público da administração do PP, e mesmo constando de lei municipal não se realiza há dois anos. O telefone aparecia ativo até abril passado nos Emirados Árabes, e reapareceu recentemente perto de Brasília.
Colegas sul-americanos dos policiais italianos bloquearam Fiocco no sábado, enquanto ele caminhava por uma rua da capital federal.
Estima-se que as fraudes que ele protagonizou resultaram em prejuízo de 200 milhões de euros. Fiocco agora está na Papuda, aguardando a extradição.
Em novembro de 2013 Angelo Rigon (Maringà)  publicou sobre sua condenação em segunda instância na Itália, e desde então ele apostava na prescrição da pena. Só que Itália não é Brasil.

https://maringapost.com.br/angelorigon/2018/09/04/localizado-por-policiais-do-catturandi-luigino-fiocco-esta-na-papuda/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s